Conheça o que são Fakes, Hackers, Crackers, Lamers, Flooders e Spammers?

Ir em baixo

Conheça o que são Fakes, Hackers, Crackers, Lamers, Flooders e Spammers?

Mensagem  Marapé em Ter Maio 03, 2011 9:19 pm

1. Os falsos (fakes)
Fake (do inglês, literalmente falso) é um termo usado para denominar contas ou perfis usados na internet para ocultar a identidade real de um usuário, na maioria das vezes usando-se de identidades de famosos, personagens de filmes ou desenhos animados ou mesmo de pessoas conhecidas do dono da conta. Como não se sabe quem é o dono do fake, é comum chamar o próprio dono desse perfil de "fake".
Os motivos de se usar contas falsas são variados. A timidez induz pessoas a dar opiniões sem se identificar, evitando constrangimentos pessoais ao opinante. Pessoas famosas evitam dizer quem são para evitar assédios e ameaças. Profiles fakes também podem ser usados por maldade, com más intenções, para ofender e difamar, defender, hackear, etc.
Ultimamente, fakes são mais encontrados em sites de relacionamento, como o Orkut e MSN .
2. Lamer
Lamer é um sobrenome, mas por hackers e crackers da lingua inglesa se tornou uma giria. É derivado da palavra coxo (lame), e é antitese do cracker e do hacker. É a definição para internautas desprezíveis, propositalmente ignorantes de como as coisas funcionam na esfera virtual.
Eles não se importam como as coisas funcionam, apenas querem que funcionem bem. Assim sendo não possuem escrúpulos, roubam identidades e créditos autorais para alcançar os fins que almejam.
3. Hacker
O definição para hacker mais antiga remete ao usuário não autorizado das linhas telefônicas. Atualmente define os grandes conhecedores da esfera virtual, gente que se esforça para entender os segredos dos mecanismos que usam na virtualidade, até aquilo que não tenha nenhuma praticidade.
a - Hacker do bem
Com o advento da internet por volta de 1960, surgiu nos Estados Unidos alguns clubes objetivando compartilhar conhecimentos de hardware e software. Ainda nos dias de hoje eles se ocupam em divulgar o que sabem.
Desenvolvedores de games / jogos são conhecidos como hackers e também os técnicos que preservam a segurança de redes de computadores.
Enfim, como hacker do bem podemos dizer que todas as pessoas que possuem hobby ligado à informática, quem sente prazer em descobrir tudo sobre o assunto, gosta de saber todas as novidades e sonha em usá-las são considerados hackers.
b - Hacker do mal
Desde os anos de 1980 o termo também é aplicado aos que cometem evasão de segurança; internautas que se apropriam indevidamente de programas inventados por outros; os que usam computadores de forma criminosa enviando vírus por e-mail e prejudicam sistemas informáticos; os que invadem sistemas e apagam web sites.
Hackers do mal possuem conhecimentos medíocres e tentam impressionar seus pares. Os hackers do bem os classificam de lamer e script kiddie.
4. Cracker
Termo inventado por hackers do bem, para ser diferenciados dos internautas que fazem uso desordenado da rede mundial de computadores.
Crack é a modificação de software para retirar proteção e métodos, a quebra (chacking) de um sistema de segurança.
Os crackers geralmente são internautas autoditadas. Fazem engenharia reversa, alteram o conteúdo de um determinado programa fazendo-o funcionar de forma correta. Ou seja, praticam crack / quebra. São indivíduos capazes de tudo para invadir sistemas de segurança alheios, danificá-los para espionar.
Alguns são desenvolvedores, programadores, de pequenos softwares que causam danos ao usuário (vírus, worms,trojans e outros malwares).
Cracker também são os denominados como hackers do mal.
5. Flooders
Flood na terminologia da informática aplica-se à prática do envio exagerado de informação, para um utilizador ou para um canal. O "flood" pode, em determinadas circunstâncias, interromper a ligação do site com o servidor.
6. Spammer
Spam é um alimento feito de carne pré-cozida e enlatada por uma empresa inglesa. O Nome “spam” é uma abreviação: spced ham (presunto apimentado).
Na sua forma mais popular, um spam consiste numa mensagem de correio eletrônico (e-mail) com fins publicitários. O termo spam, no entanto, pode ser aplicado a mensagens enviadas por outros meios e noutras situações até modestas. Geralmente os spams têm caráter apelativo e na grande maioria das vezes são incômodos e inconvenientes.
Simultaneamente ao desenvolvimento e popularização da internet, ocorreu o crescimento de um fenômeno que, desde seu surgimento, se tornou um dos principais problemas da comunicação eletrônica em geral: o envio em massa de mensagens não-solicitadas. Esse fenômeno ficou conhecido como spamming, as mensagens em si como spam e seus autores como spammers.
Há quem afirme que existam spammers navegando na internet com a finalidade de fazer girar pelo mundo virtual desde fotos pornográficas até vírus para beneficiar grandes empresas de venda de antivirus.
Embora algumas leis a respeito do assunto da publicidade não solicitada já tenham sido aprovadas, ainda não existe uma legislação definitiva que regule a prática do spamming ou a caracterize como sendo crime. No Brasil não é crime enviar spam, mas esta prática acaba sendo autoregulamentada, pois o spammer é mal visto, seu produto ou empresa é desacreditado, seu provedor, domínio ou IP pode ser incluído nas listas de bloqueio dos administradores de rede. Por este motivo quase sempre o spam está ligado às práticas criminosas ou ingenuidade do empreendedor.
Os raros casos de prisão ou citação de spammers são provenientes do crime cometido por eles e não do envio do spam em si. Exemplos: enviar spam se fazendo passar por outra pessoa ou empresa, enviar spam com programas maliciosos, destinados a invadir sistemas ou capturar senhas. Nestes casos a prisão se deu pelo crime cometido e não pelo spam (que ainda não é considerado crime).
Spam também é carne enlatada......
Alguns spammers solicitam que você responda ou clique em algum lugar para ser excluído da lista de envio das propagandas deles. Nesse caso, cabe a pergunta: se você não pediu para ser incluído na lista, então qual é a razão de precisar pedir para sair? E tem mais, se você responder a mensagem ou clicar no local sugerido, é até possível que o spammer deixe de enviar spams daquele assunto específico, mas ele colheu uma informação muito valiosa: o e-mail que você solicitou que seja excluído é um e-mail válido e existe alguém que lê os spams que chegam até lá. A chance de que seu endereço vá parar em uma "lista de endereços válidos e autorizados" é muito grande. Portanto, evite solicitar seu descadastramento ou responder a um spammer.
avatar
Marapé

Mensagens : 34
Data de inscrição : 04/04/2011
Idade : 69
Localização : Santos/SP

Ver perfil do usuário http://blog.br.inter.net/blog/guerreirodaluz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça o que são Fakes, Hackers, Crackers, Lamers, Flooders e Spammers?

Mensagem  RvC em Qua Maio 04, 2011 7:08 am

Nice Tropico Monoolo..vaia juda bastante gente


~JL~


RvC

Mensagens : 51
Data de inscrição : 12/02/2011
Idade : 25
Localização : Taubaté-SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça o que são Fakes, Hackers, Crackers, Lamers, Flooders e Spammers?

Mensagem  Hiruma em Qua Maio 04, 2011 8:30 am

Ai Marape, representando em questao de participacao no forum, me surpreendeu.. assim que eh
avatar
Hiruma

Mensagens : 141
Data de inscrição : 23/12/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça o que são Fakes, Hackers, Crackers, Lamers, Flooders e Spammers?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum